o barco mais bonito do mar

terça-feira, maio 15, 2007

Partiu-se a antena




Um tripulante com menos jeitinho sentou-se (!!!) em cima da antena do Navtex e partiu-lhe a base. Fui à procura do fabricante NASAMARINE que me pediu £23 por uma nova. Mandei o Banco tranferir (custou o dobro) e eles mandaram o bocado da base que tinha ficado inteiro. How smart are the Brits! Mandei-lhes estas fotografias por email - quer dizer: expliquei em banda desenhada. Perceberam - aleluia - a parte partida (pleonasmo) custa £4. A transferência vai custar mais que o preço. Antes assim.

Entretanto o frigorífico começou a interferir o VHF. Estou à espera que a Isotherm mande um condensador da Suécia. Aqui não há.

Este fim de semana estava um porta aviões a entupir o rio. Não se podia passar perto. Tinham uma corveta portuguesa e três lanchas da polícia marítima a proteger, a não deixar chegar ao pé. O Royana sentiu-se um barcalhão, a meter assim medo àquela coisa.

No próximo fim de semana vou para o Alentejo, pró sequeiro, sítio onde tudo o que está hoje vai estar amanhã exactamente igual. Uma das coisas que gosto no mar é nunca estar quieto, ser sempre diferente e há milénios sempre assim.


sábado, fevereiro 17, 2007